Indicadores reforçam precarização do trabalho

Cai o discurso dos defensores da “Reforma Trabalhista”. IBGE revela: precários e ganham, em média, pouco pouco mais da metade dos assalariados formais. Mulheres e negros são ainda mais aviltados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0